Ajahn Dhammiko

 

 

Dhammiko Bhikkhu nasceu em Lisboa, 1969, tendo a Natureza e o campo um lugar primordial na sua vida. Cumpriu Tropa em Santarém e Coimbra em 1991/92. Termina o Curso de Engenharia Agrícola em Castelo Branco em 1998, tendo-se especializado nas áreas da Agricultura Biológica, Plantas Aromáticas/Medicinais e extracção de Óleos Essenciais. Trabalhou no grupo Crise-Scrif do então CNIG – Centro Nacional de Informação Geográfica, onde participou no projecto de desenvolvimento de sistemas de informação geográfica para apoiar simultaneamente a Protecção Civil, os Bombeiros e Serviços Florestais de então.

Ainda nos tempos de Universidade, o interesse maior pela espiritualidade despertou e intensificou-se daí em diante, impelindo-o a uma busca contínua que gradualmente se dirigiu ao recolhimento meditativo, ao Yoga e ao Budismo. Entretanto, surgiu o reconhecimento da necessidade interior de uma maior disciplina para praticar e aprofundar a meditação, no sentido e com o objectivo de conseguir concretizar a verdadeira libertação espiritual. Foi esta a verdadeira razão porque decidiu ingressar na vida monástica budista. 

Em Abril de 2003 visita o Mosteiro Budista Amaravati pela primeira vez e uma segunda vez em Setembro desse ano, após a qual, com atempada reflexão durante alguns meses, regressou de novo a Amaravati em Abril de 2004 aberto à hipótese de se ordenar como postulante Anagarika em branco. Ordenou-se como Samanera (monge noviço) a 15 de Maio de 2005 e; como Bhikkhu (ordenação completa), a 9 de Julho de 2006, tendo como seu Preceptor Ajahn Sumedho.

Desde 2013 que se encontra em Portugal no Mosteiro Sumedhārāma.