Calendário – Refeições / Dana

 

Existem várias formas de colaborar. A mais imediata é realmente a oferta de alimentos aos monges (explicação desta mendicância no fim da página). O calendário abaixo é para informação das pessoas que quiserem vir pessoalmente fazer este tipo de oferta.

Para a pessoa pessoalmente oferecer a refeição, pede-se que a refeição esteja pronta às 10h30 para ser oferecida em mão aos monges, na mesa da sala da casinha pequena. As pessoas podem trazer a comida já feita, só precisando de pôr em terrinas ou tachos; podem trazer a comida semi feita e usar a cozinha da casinha para aquecê-la; ou podem mesmo usar a cozinha para cozinhar totalmente a refeição. Pode-se vir para a cozinha a partir das 8h/8h30.
Normalmente, quando as pessoas perguntam o que podem oferecer aos monges como refeição, a resposta é uma refeição simples e equilibrada, nomeadamente:
  1. Um carbohidrato.
  2. Uma proteína.
  3. Salada
  4. Fruta

O Buddha estabeleceu que os monges devem terminar a refeição até ao meio-dia.

Horário da Refeição – 10h30

Para marcar a oferta da refeição em pessoa aos monges, introduza por favor nos campos abaixo do lado esquerdo, o seu email, nome, e em ‘Message’ a data pretendida. Facultativamente pode dar outras eventuais informações, como dedicar a oferenda à memória de alguém:

Logo actualizaremos o Calendário, conforme as inscrições recebidas.

Quem quiser também pode oferecer uma refeição aos monges através de Rosária Da Conceição – contacto 963173327.

O vosso Bem Haja e o nosso muito obrigado. Anumodana.

Explicação da mendicância nesta Tradição: O Buddha, em resposta à reclamação das populações locais pelo isolamento excessivo dos monges, fez questão que a comunidade monástica nunca se isole completamente da comunidade leiga, mantendo os monges dependentes desta para os bens essenciais – os chamados ‘Quatro Requisitos’. Assim os monges mantêm o contacto diário com as populações, não se retirando completamente, podendo dar assistência espiritual às pessoas assim que estas queiram. Daqui surge a Regra que “vincula” o monge a não ser independente e a ser dependente dos leigos para alimento, abrigo, vestimenta e remédios/medicina. Esta é também uma das razões, entre outras, além do despojamento, porque os monges não podem cultivar alimentos ou cozinhar para si nem guardar comida de um dia para o outro, mantendo a completa dependência das pessoas leigas no que respeita aos mencionados ‘Quatro Requisitos’.

 Posted by at 18:31